Apresentação:

O NEER busca ampliar e aprofundar a abordagem cultural na Geografia, focando nas questões relacionadas aos estudos sobre o espaço e suas representações, entendendo as representações como uma ampla mediação, que permitem agregar o social e o cultural, abarcando também a temática do ensino de geografia no Brasil.

A rede NEER articula vasto e complexo grupo de pesquisadores vinculados a dezenas de universidades brasileiras, cujos interesses gravitam em torno das seguintes temáticas/ abordagens: Nova Geografia Cultural; Geografia Humanista; Estudos de Percepção e Cognição em Geografia; Geografia das Representações;  Geografia Social; Geografia da Religião; Geografia Escolar: Representações e Ensino; Teoria e Método na Geografia Cultural e Social.

Histórico:

A rede NEER vem se reunindo periodicamente, desde a sua criação, com encontros sendo realizados em Curitiba (2006), Salvador (2007), Porto Velho (2009), Santa Maria/RS (2011), Cuiabá (2013) e Fortaleza (2016). Esses colóquios se apresentam como oportunidade ímpar de divulgação dos estudos em Geografia Cultural e Social; e articulação de pesquisadores profissionais e estudantes de pós-graduação e graduação de todo o país. Tais eventos fortalecem o debate da Geografia e suas abordagens culturais no ensino e na gestão, fazendo-se necessários como oportunidade de atualização teórico-metodológica aos professores e gestores locais, além da comunidade acadêmica regional.

Passados 12 anos desde a sua criação, o NEER é uma realidade concreta. Tendo deixando a sua condição marginal, o núcleo passou a integrar o core da Geografia brasileira, com presença crescente e marcante em eventos científicos e na produção de conhecimentos da área, sem, no entanto, renunciar a sua postura contestadora, indômita, rebelde e subversiva. O VII seminário traz ao mesmo tempo a oportunidade e o desafio de debater este novo ciclo e de refletir sobre os possíveis direcionamentos que o núcleo pode vir a adotar nos próximos anos (político, epistemológico, parcerias, membros, etc.).

Objetivos:

Estimular o intercâmbio e a articulação com pesquisadores das ciências ambientais, sociais e geográficas em geral em relação aos estudos sobre espaço, cultura, representação, percepção as práticas em educação, extensão e gestão sobre a abordagem sociocultural da Geografia, incentivando o uso e o debate sobre metodologias que tratem as questões pertinentes as diversidades culturais na atualidade regional, rural, urbana e dos territórios tradicionais. Avançar e aprofundar o debate teórico e metodológico sobre a abordagem cultural na Geografia, enfocando as diversidades de expressões, percepções e representações sobre o espaço.

Público alvo:

  • Pesquisadores das ciências humanas, sociais e sociais aplicadas
  • Estudantes de pós-graduação e graduação
  • Profissionais da educação básica
  • Profissionais que atuam em órgãos e instituições públicos ou ONGs
  • Representantes de associações e das comunidades interessadas

Datas importantes:

  • Resumo expandido: 30/06/2018
  • Divulgação do aceite: 31/07/2018
  • Envio do Trabalho completo: 15/10/2018
  • Pagamento de inscrições dos participantes com apresentação de trabalho: 15/09/2018
  • Pagamento de inscrições dos participantes sem apresentação de trabalho: 15/10/2018